Em sua maioria os educandos indisciplinados exteriorizam problemas familiares que fazem relação direta com a sua realidade de vida fora do ambiente escolar e por isso trabalhar a afetividade intensamente é o mais indicado.

Para que haja um desenvolvimento harmonioso é importante satisfazer a necessidade fundamental da criança que é o amor. (…) O professor, na sua responsabilidade e no seu conhecimento da importância de sua atuação; pode produzir modificações no comportamento infantil, transformando as condições negativas através das experiências positivas que pode proporcionar. Estabelecerá, assim, de forma correta, o seu relacionamento com a criança, levando-a a vencer suas dificuldades ( SOUZA, 1970). Fonte

Dicas de atividades para auxiliar os educandos em questão.

Primeiramente você deve tentar encontrar, mesmo que superficialmente a fonte das dificuldades apresentadas no processo de ensino aprendizagem. Então com ajuda de uma Orientadora Educacional e de uma Supervisora Escolar trace metas que a longo, médio e curto prazo facilite a vida escolar deste educando.

  • Dar responsabilidade ao educando fará com que ele se sinta importante, notado e amado. Pode demorar um pouco, mas pedir ajuda pra ele quando for buscar seu material na sala dos professores, pedir pra ele buscar um pouco de água para um outro educando especial ou menor que ele e diversas outras coisas simples, farão com que este educando saiba que ele também é ativo no meio social e que ele é tão capaz quanto qualquer outro de aprender com os outros e ensinar a todos o que já sabe.
  • Usá-lo como ajudante do dia fazendo as correções no quadro para a turma, ensinar a ele como ensinar os outros amigos de escola a fazer alguma tarefa que ele domine, isso proporcionará a ele domínio de suas emoções e ao mesmo tempo valorizará sua produção.
    EX: Um educando que faz boas ilustrações, mas não se sente a vontade para escrever pode liderar uma oficina de gravuras e ilustrações das obras literárias estudadas ou filmes que foram explorados em aula.
  • Autoavaliação: no fim da aula pergunte individualmente a todos o que eles acham do seu próprio comportamento e no fim da semana monte um gráfico simples e os faça observar o seu desempenho e como eles provavelmente estão melhorando.
  • Crie um quadro de avisos, dependendo da faixa etária da turma você encontrará muitas ideias criativas pela internet, como por exemplo: semáforo do comportamento, mural das estrelas, feira de compra com dinheirinho e muitas outras.
  • Inclua a família bolando maneiras agradáveis de comunicar o desempenho diário do aluno em sala de aula. Ex: crie uma marcação na agenda ou caderno do educando que o pai tenha que assinar e verificar regularmente. Na imagem abaixo a professora irá marcar como foi o dia e os pais sempre terão a oportunidade de auxiliar o trabalho com conversas em casa.

Indisciplina escolar

A indisciplina é um dos grandes problemas da Educação. Ela não começa na escola, pois os motivos que a fazem existir estão além da sala de aula.” Eugênio Cunha

 

Alguns livros e textos que podem te auxiliar.
http://www.ip.usp.br/portal/index.php?option=com_content&id=136:indisciplina-como-se-livrar-dessa-amarra-e-ensinar-melhor&Itemid=97

http://www.submarino.com.br/produto/6795836/livro-professor-bonzinho-aluno-dificil-a-questao-da-indisciplina-na-sala-de-aula

http://www.americanas.com.br/produto/5933482/livro-relacao-pedagogica-disciplina-e-indisciplina-na-aula?opn=YSMESP&loja=02&WT.srch=1&epar=bp_pl_00_go_pla-nulltodos-os-produtos-todas

Beijos e até logo :*

Monique Cruz

Anúncios