leitura
Existem muitas formas de trabalhar conteúdos de objetivos gerais (aqueles que demoram muito tempo para serem alcançados) e ou aqueles conteúdos que estão relacionados os processo de letramento (que é infindável). Uma boa alternativa para explorar atividades que contemplem estes conteúdos são os projetos pedagógicos, que podem ser de curto, médio ou longo prazo.

Um bom projeto deve levar em consideração o público a ser atingido, o tempo de duração e o objetivo principal a ser alcançado e posteriormente as especificidades básicas para um documento de projeto pedagógico propriamente dito, abaixo modelo/esqueleto para elaboração de projeto pedagógico:

1 – Apresentação : Faça a apresentação do tema, do autor e do público a ser atingido.
2 – Justificativa : Aqui você fará uma explanação sobre a importância deste tema na história e na atualidade, podendo conter dados estatísticos, matérias ou pesquisas dobre o tema.
3 – Objetivos Gerais e Específicos : Neste tópico seria interessante consultar alguma lista de verbos que possam te auxiliar na construção adequada dos seus objetivos.
4 – Atividades : Descreva quais serão as atividades aplicadas ao longo do seu projeto.
5 – Recursos : Liste quais serão os recursos utilizados pelos alunos e professores ao longo das atividades.
6 – Avaliação : Dependendo da finalidade do seu projeto um tipo ou mais de avaliação poderá ser contemplada. Leia mais sobre tipos de avaliação AQUI
7 – Fontes de pesquisa : Ponha no fim do seu projeto todas fontes que você recorreu para montar o seu documento (sites, livros, cadernos, vídeos e etc).

Escolha o tema que lhe agrada mais, segundo suas necessidades e dê um “UP” naqueles conteúdos massantes, trazendo-lhes novas possibilidades, mais movimento e criatividade em sua abordagem.

Modelo de projeto anual de leitura para turmas de alfabetização, mas que com pequenas adaptações pode ser aplicado em qualquer série.
OBS: é importante salientar que se é imprescindível fazer as suas alterações, já que cada grupo necessita de estratégias diferenciadas.

Você também poderá baixar o arquivo para edição no fim da página.


1 – Apresentação

A Educação é o melhor caminho para se construir uma sociedade mais justa e democrática e é através dela que os alunos são apresentados à cultura local e mundial e podem ter oportunidades únicas de enriquecimento pessoal e automaticamente coletivo, já que se tornarão mais ativos em seu meio de convívio ao longo de sua vida.

A meu ver uma das áreas mais ricas da educação escolar é a leitura, com ela ou a partir dela pode-se criar um “mundo” de possibilidades e caminhos estratégicos que beneficiaram cada aluno ao longo do seu desenvolvimento. Muitos autores estudam, falam e escrevem sobre os benefícios da leitura iniciada na infância e com isso os prazeres da leitura tomam cada vez mais os lares de famílias em diversas classes social.

Sabendo da importância da leitura como incentivadora da disseminação cultura e ilimitada fonte de saber, pretendo aplicar este projeto em turmas do 1° ano do Ensino Fundamental, que apesar de já estarem inseridas no mundo da leitura e da oralidade através de situações diárias (folhear revistas, assistir filmes e desenhos, ter contato com livros, ouvir estórias e histórias de seus familiares, ter participado das atividades escolares na Educação Infantil, etc), se encontram em uma das mais importantes etapas de sua trajetória escolar: A ALFABETIZAÇÃO.
Por ser um momento de continuidade e por vezes apresentação do mundo da leitura e do letramento, eu professora Monique da Cruz Araujo resolvi criar este projeto a fim de enriquecer minhas atividades dentro e fora da sala de aula e também fora do ambiente escolar.

2 – Justificativa

“Nas sociedades em que se valoriza a interação entre as pessoas e a cultura escrita, o processo de alfabetização é mais eficiente” Ana Teberosky.

É incontestável que um indivíduo que se torna leitor ou que tem maior acesso à cultura escrita e estar atento aos fotos históricos de seus povo, acaba por se desenvolver melhor criticamente do que os que não têm as mesmas oportunidades.
Os benefícios da leitura vão muito além de se tornar um indivíduo alfabetizado, compreende em ter autonomia para ser o diretor dos seus conhecimentos… é se tornar autor da sua própria vida, porque este individuo poderá conhecer os prazerem de desvendar os mais diversos mundos fantasiosos que a leitura pode lhe proporcionar, mas também conhecedor da sua própria história, da história do seu povo e dos mais diversos grupos sociais existentes no mundo e de toda a formação do universos que nos abriga.

Segundo o Ministério da Educação (MEC) e outros órgãos ligados à Educação, a leitura:

Desenvolve o repertório: ler é um ato valioso para o nosso desenvolvimento pessoal e profissional. É uma forma de ter acesso às informações e, com elas, buscar melhorias para você e para o mundo. 
Liga o senso crítico na tomada: livros, inclusive os romances, nos ajudam a entender o mundo e nós mesmos. 
Amplia o nosso conhecimento geral: além de ser envolvente, a leitura expande nossas referências e nossa capacidade de comunicação. 
Aumenta o vocabulário: graças aos livros, descobrimos novas palavras e novos usos para as que já conhecemos.
Estimula a criatividade: ler é fundamental para soltar a imaginação. Por meio dos livros, criamos lugares, personagens, histórias…
Emociona e causa impacto: quem já se sentiu triste (ou feliz) ao fim de um romance sabe o poder que um bom livro tem.
Muda sua vida: quem lê desde cedo está muito mais preparado para os estudos, para o trabalho e para a vida. 
Facilita a escrita: ler é um hábito que se reflete no domínio da escrita. Ou seja, quem lê mais escreve melhor.

Fonte: http://educarparacrescer.abril.com.br/leitura/importancia-leitura-521213.shtml

  • Leitura nas turmas de alfabetização

Este é o momento que os alunos tomam conhecimento da importância da prática diária da leitura e isso faz com que seja ainda mais importante criar boas lembranças e hábitos que proporcionem prazer e conhecimento da importância do trabalho escolar que gira entorno dos materiais escritos e deixados ao longo de nossa história como fonte de pesquisa para o nosso enriquecimento acadêmico, exemplo: enciclopédias, livros didáticos, dicionários, história da escola e do local que ela esta inserida, a importância dos pesquisadores que dedicaram suas vidas à registrar tudo o que podemos encontrar sobre a história da humanidade e também do valor que a escola tem como mediadora do individuo com esses conhecimentos.
A leitura aqui não se faz apenas do material impresso com auxílio das letras, mas do domínio dos seus sentimentos, através da oralidade, da leitura e interpretação de imagens e das sensações que os sons podem lhes proporcionar, devendo ser esquematizadas e trabalhadas com atenção durante todo o processo de alfabetização e letramento para que não seja negligenciado nenhum direito de aprendizagem/objetivos/descritores que um aluno deve ser apresentado.

É de suma importância que o educando em processo de alfabetização esteja em maior contato possível com a leitura e os recursos que a envolve, pois isso dará sentido ao seu aprendizado, fazendo com que possam consolidar as informações com maior facilidade.

3 – Objetivos

3.1 – Objetivos Gerais

  • Tornar a vida leitora dos alunos mais rica.
  • Disponibilizar acesso à cultura escrita através de variados recursos.
  • Criar condições favoráveis para a leitura dentro do ambiente escolar.
  • Criar espaços diversos para os momentos de leitura individual e coletiva.
  • Auxiliar o momento de análise e interpretação de textos e arquivos literários.
  • Proporcionar momentos de apreciação da cultura escrita.
  • Realizar pequenos eventos e encontros entre leitores da escola.
  • Implantar uma rotina de leitura que seja motivadora e criativa, diversificando materiais em espaços diversos.
  • Documentar através de registros fotográficos e escritos a trajetória deste projeto.
  • Proporcionar momentos de apreciação à leitura entre alunos e seus responsáveis.
  • Expor os trabalhos realizados pelas turmas ao longo do projeto.

 

3.2 – Objetivos específicos

  • Pesquisar e disponibilizar acervo de textos para manuseio dos alunos.
  • Ampliar os materiais dispostos em sala de aula de maneira sistemática, para contribuir com o andamento do projeto ao longo do ano.
  • Incentivar a produção individual e coletiva de textos em diversos gêneros textuais (listas, paródias, texto informativo, poesia, receitas, trava línguas e etc.).
  • Explicar as diferenças entre alguns gêneros textuais presentes na literatura infantil (fábulas, contos, narrativas, histórias cantadas, terror e suspense e etc.).
  • Apresentar autores da literatura infantil do cenário brasileiro.
  • Citar e exemplificar autores estrangeiros através de obras clássicas.
  • Organizar pequenas oficinas e momentos de produção artísticos para ilustrar as obras trabalhadas.
  • Realizar rodas de conversas sobre os temas abordados nos textos.
  • Incentivar o pensamento crítico individual.
  • Indicar livros e textos que poderão ser buscados pela família, afim de enriquecer o seu contato com o mundo literário.
  • Escrever junto às turmas textos coletivos que serão anexados aos seus portfólios individuais.
  • Cooperar para que cada indivíduo envolvido no projeto tenha uma boa lembranças das atividades realizadas.

4 – Atividades

4.1 – Atividades Rotineiras

  • Visitas semanais à sala de leitura com atividades diversificadas.
    Ex: buscar livros com títulos de letras específicas, ilustrar a história favorita, leitura coletiva, leitura silenciosa, escolher livro para levar pra casa, pesquisas em dicionários, escrita coletiva de textos…
  • Leitura deleite diária: leitura realizada pela professora de livros, textos e histórias de gêneros de histórias variados, mas que não tenham ligação com o planejamento diário, para que não se torne um habito ler somente a temática do estudo.
  • Caderno de leitura: os dois ajudantes do dia levarão para casa um caderno de leitura contendo um texto para ser compartilhado com a família e alguma atividade relacionada ao texto.
  • Gincana das letras (dinâmica): a professora espalhará letras, palavras e frases e a turma tentará encontrar a maior quantidade possível, ganha quem achar mais.
  • Caça-palavras e cruzadinhas coletivas e individuais.
  • Texto coletivo quinzenalmente.
  • Pescaria das sílabas: promover a pescaria de sílabas e leitura coletiva, posteriormente escrita de palavras e frases com a palavra escolhida.
  • Escrita de banco de palavras para consulta individual e coletiva.
  • Sarau de leitura: leituras diversas serão feitas para os educandos e também por alguns educandos que queiram compartilhar suas produções ou textos favoritos.
  • Karaokê: cantar de acordo com a música.
  • Leitura direcionada: criar momentos em que os educandos maiores, de outras séries, possam fazer leituras para essas turmas.

4.2 – Exposições Literárias

  • Guarda-chuva da leitura (chuva de palavras): Dispor em guarda-chuvas palavras e textos pendurados para que a leitura possa ser compartilhada com outros integrantes do grupo escolar. É possível ainda que as produções dos educandos sejam as principais expostas nesta exposição.
    Confira a ideia na integra no endereço: http://beviriato.blogspot.com.br/2013/05/semana-da-leitura-chuva-de-palavras.html .
  • Varal de poesias: criar varais de poesia para compartilhar com o grupo escolar as poesias preferidas das turmas envolvidas e as suas próprias produções.
  • Mostra de cartazes, desenhos e releituras: montar junto com a turma painéis com as produções feitas ao longo do trimestre.
  • Semana literária: realizar atividades diversas escritas, artísticas e orais relacionadas ao autor escolhido para ser explorado nesta semana.
    Obs: No município que trabalho existe uma semana literária promovida pelo poder municipal, com a visita de vários autores, atividades em locais diversos na cidade, feira de livros e as escolas recebem livros para serem explorado com os alunos durante esta semana… Caso sua realidade seja outra escolha algum ator de sua preferência ou descubra autores locais e faça suas atividades com base no trabalho deles, sempre de maneira adaptada à série e ao seu grupo.
  • Conto de fadas: de maneira coletiva escreveremos um conto de fadas que será compartilhado com a escola em uma exposição específica para o “lançamento” desta obra. Neste momento faremos a exposição de outras obras clássicas.

4.3 – Passeios e atividades externas.

  • Piquenique da leitura: promover um piquenique ao ar livre, onde poderemos lanchar, ouvir e ler de forma agradável.
  • Visita a exposições artísticas da cidade.
  • Visita a bibliotecas e museus próximos.
  • Visitas a salas de leituras de outras escolas.

Obs: Outras atividades poderão ser incluídas no decorrer da aplicação do projeto.

5 – Recursos

  • Materias variados de pintura, desenho e escrita.
  • Livros, revistas, jornais e textos variados.
  • Guarda-chuvas
  • Materias diversos de papelaria: papeis, tnt, eva e etc.
  • Fantasias ou adereços para contação de histórias.
  • Materiais multimídias: computador, data show, câmera fotografia, caixa de som, microfone, CDs e rádio.

6 – Avaliação

A avaliação se dará de maneira formativa ao longo de todas as atividades, sendo observadas com maior cuidado as maiores dificuldades e as facilidades apresentadas, assim como a receptividade do grupo escolar, afim de criar bons momentos coletivos e alcançar o objetivo maior: proporcionar momentos agradáveis em ambiente favorável a leitura, a escrita e a oralidade.

7 – Fontes

http://ensinar-aprender.com.br/2011/04/como-montar-um-projeto-escolar.html

http://www.plataformadoletramento.org.br/acervo-dica-letrada.html

http://revistaescola.abril.com.br/lingua-portuguesa/pratica-pedagogica/debater-opinar-estimulam-leitura-escrita-423497.shtml?utm_source=redesabril_novaescola&utm_medium=facebook&utm_campaign=redesabril_novaescola

https://literaturainfantilejuvenil.wordpress.com/palestrantes-convidados/

http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias=6790-alinguagemescrita&category_slug=setembro-2010-pdf&Itemid=30192

http://enalic2014.com.br/anais/anexos/6534.pdf

http://www.educacional.com.br/projetos/comomontar.asp

http://www.pedagogia.com.br/projetos/como.php

http://educarparacrescer.abril.com.br/leitura/importancia-leitura-521213.shtml

http://ensinar-aprender.com.br/2011/04/como-montar-um-projeto-escolar.html

Baixe o arquivo completo no link abaixo.

Projeto de leitura Blog

Consideração Final
Eu particularmente não gosto de trabalhar muitos projetos ao longo do ano, isso porque existem projetos que são enviados por membros da equipe técnica ou no meu caso a própria secretaria de educação. Por isso escolho um ou dois projetos e desenvolvo ao longo do ano, mas existem escolas que preferem trabalhar com múltiplos projetos simultaneamente, desconsiderando as características individuais da turma e priorizando as características coletivas, pondo o educador em uma posição “adaptadora”, onde ficamos somente a cargo de adaptar as atividades pré determinadas, não levando em consideração a real necessidade daquele trabalho em sala de aula.
Exemplo:

Digamos que sua turma tenha boa coordenação motora fina, mas não se expresse bem oralmente. Você recebe um projeto de oficina de recorte e colagem, que contempla excelentes conteúdos artísticos que explore o cubismo e o expressionismo… Será que não seria mais adequado um projeto com cantigas? Ou teatro?
Certamente que sim, mas infelizmente não podemos opinar sempre, então crie você mesma pequenos ou longos projetos que auxiliem na superação das dificuldades dos seus alunos ou mesmo que enriqueçam seu conhecimento cultural.

Beijos e até logo :*
Monique Cruz

Anúncios